Passo a passo de um briefing perfeito para sua campanha publicitária

Todo projeto começa com um bom planejamento, não é mesmo? E isso não é diferente no mundo publicitário. Nesse universo, quem faz o papel de contribuir para o planejamento das campanhas é o briefing.

O que é um briefing

Antes de começar as campanhas, é necessário ter em mãos um documento que contém informações sobre tudo que será realizado no job, do começo ao fim.

Os dados que farão parte do briefing orientarão as equipes para o desenvolvimento daquilo que precisa ser feito de maneira assertiva para o atingimento dos objetivos da campanha, facilitando o fluxo de trabalho.

 

O que um briefing precisa ter

Para cumprir o seu objetivo, o briefing precisa conter dados sobre produto, empresa, mercado, concorrência, público-alvo, objetivos, orçamento, prazos e tudo o mais que você sentir necessidade para o bom desenvolvimento dos trabalhos que envolvem a campanha.

Não existe um modelo a ser seguido à risca, mas é importante que o briefing a ser desenvolvido seja capaz de atender às necessidades da sua campanha.

Por isso, neste artigo trouxemos algumas sugestões que podem te levar à elaboração do briefing perfeito para a sua campanha.

 

Saiba como detalhar cada item do briefing

  1. Produto/ serviço

Para que todas as pessoas que estão envolvidas nos processos da campanha publicitária estejam na mesma página em relação ao produto ou serviço que será divulgado, é preciso que o seu briefing aborde os seguintes pontos:

– Descrição

– Histórico

– Principais características

– Diferenciais

– Relação custo-benefício

É claro que dependendo do produto pode ser necessário desenvolver outros pontos, mas este é importante ponto de partida.

 

2. Público-alvo

Conhecer o público-alvo é fundamental para qualquer campanha. Lembre-se que nenhuma das peças e etapas do trabalho podem se afastar daqueles que são os mais interessados no seu produto.

Para isso, especifique no seu briefing informações como:

– Faixa etária

– Classe social

– Nível de escolaridade

– Gênero

– Localização geográfica

– Hábitos e motivação para consumo

– Papel exercido no processo de compra

Essas informações constituem uma verdadeira bússola para tomadas de decisões.

 

3. Mercado

É muito importante saber o mercado em que a campanha acontecerá. Afinal, é por meio dele que o consumo e as vendas acontecem. Por isso, procure responder no seu briefing às seguintes perguntas:

– Qual é o cenário do mercado?

– Como ele se organiza?

 

4. Concorrência

É muito importante saber também com quem se está disputando o mercado. Somente assim será possível mostrar para o público-alvo o diferencial do seu produto.

Por isso, deixe claro no briefing:

– Quais empresas lideram o mercado

– Concorrentes diretos e indiretos

– Estratégias de marketing da concorrência

– Características dos produtos/serviços concorrentes

 

5. Objetivos

E claro que o “por que fazer?” é tão importante quanto o como. Deixe isso claro ao apresentar no briefing os objetivos da campanha!

 

6. Estratégias

Neste ponto, você deve detalhar quais são as estratégias de comunicação que atendem aos objetivos da campanha.

Deixe claro aqui quais serão elas e para que serão utilizadas.

 

7. Orçamento

Nessa etapa, será necessário especificar qual é a quantidade de dinheiro disponível para a realização da campanha. Todas as estratégias a serem utilizadas deverão estar de acordo com o valor que foi definido no briefing, certo?

 

8. Cronograma

E para que seja possível realizar todas as tarefas, nada como definir prazos reais e coerentes com o que se espera. Por isso, essas informações devem estar no briefing para que todos saibam em que momento a campanha deve estar.

Planeje e tenha sucesso nas suas campanhas

Assim como um prédio não se constrói sem um projeto, suas campanhas não serão um sucesso se elas não passarem por um desenho antes. Vamos então à prancheta e conte conosco para colocar em prática os seus planos que estão no papel.

Posts Relacionados